5 trilhas que você deve fazer em Florianópolis

PUBLICIDADE

 

 

Florianópolis tem lugares paradisíacos e incríveis dos quais você pode aproveitar fazendo trilha. Citamos as trilhas para que você possa conhecer mais a fundo esse lugar de natureza única e singela.

Para começar uma trilha é importante começar por usar roupas leves e tênis que tenham uma boa aderência, para evitar escorregar. É imprescindível levar uma mochila ou bolsa que contenha água, roupas limpas para trocar caso se molhe demais, toalha de banho, adereços para se proteger do sol e dos insetos, como boné, protetor solar e repelente.

Morro da Cruz

PUBLICIDADE

É um mirante. Você pode ir de carro, mas não há onde estaciona-lo ao chegar ao topo do morro, então você pode ir a pé ou também nos ônibus que existem nos terminais da cidade. É um passeio gratuito, onde você encontra uma paisagem muito bonita tanto de dia, pela natureza, quando a noite pelas luzes das pontes Hercílio Luz, Colombo Salles e Pedro Ivo Campos.

Poção da Cachoeira do Córrego Grande

É um local ainda pouco conhecido e explorado. É considerada um oásis urbano e para quem não quer ficar somente nas praias, pois tem um contato ainda maior com a natureza sem precisar encarar tanta gente pela frente.

É necessário fazer uma trilha delimitada, mas sem muita dificuldade, que não custa mais que 30 minutos, e é ladeado por um córrego. Você pode ir de carro, ônibus, a pé ou até de bicicleta.

Possui uma cachoeira com uns 5 metros de altura e é cercada por paredes de pedra, que termina em uma piscina natural, bem funda e pequena. A água é sempre gelada, pois a mata em torno é bem fechada e o sol não consegue penetrar entre ela para aquecer a água.

Não há salva vidas no local, portanto é preciso tomar cuidado quando se pula do alto do paredão para a piscina, é importante saber nadar muito bem.

Morro do Forte (Trilha da Daniela)

Essa trilha fica ao norte da ilha de Floripa. Em torno de 20 minutos você chega lá e ainda pode levar crianças. Pode ir de ônibus ou de carro. Tem vista para a praia da Daniela e você pode fazer um piquenique e passar o dia todo por lá.

Naufragados

O nome é originado de um naufrágio de duas embarcações portuguesas ocorrida em 1753.

A trilha começa com 20 minutos que são bem puxados, em terreno íngreme. Você pode aproveitar os momentos de descanso para apreciar a mata e os riachos que podem aparecer no caminho. A caminhada, dura uma hora, no total. Você também pode optar por ir de barco.

A praia é pequena, a água gelada e bem calma. Não há muitos visitantes então você pode aproveitar até com certa privacidade o espaço da areia. Existem restaurantes no local para, caso você opte, passar o dia por ali e querer comer. Você pode subir um pequeno morro onde se localiza o farol e ver canhões antigos ou avistar golfinhos se a época que você for, também for a deles.

Lagoinha do Leste

Comece a trilha pela praia do Matadeiro, indo de carro ou ônibus. No topo desse morro você verá a praia da Lagoinha do leste, que tem uma vista muito bonita.

Se quiser, pode voltar de barco, onde ele passa pela praia do Pântano do Sul, aproveitando os vários restaurantes que existem lá para você almoçar. Pode fazer esse passeio a pé também, se você estiver animado para caminhar ou existem ônibus para esses passeios.

Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!